Central Reservations Office + 5411 4773 8300

The best rates for your stay in the city

Informação útil da Buenos Aires

Cultura Pop

Informação útil da cidade

 

Dinheiro

Na Argentina, a moeda oficial é o Peso, e o símbolo é igual ao dólar dos Estados Unidos, $.

As notas são de 2, 5, 10, 20, 50 e 100. Um peso são 100 centavos, e há moedas de 5 centavos, 10, 25, 50 e 1 peso.

É muito freqüente receber notas sujas e amassadas. Elas são aceitas em todas as partes.

Os bancos e as casas de câmbio encontram-se normalmente no centro da cidade. Como os bancos são muito freqüentados, costumam ter longas filas. Alem disso, o horário de apertura limitado, das 10 da manha às 3 da tarde.

É importante ter muito cuidado ao aceitar notas, as de mais valor principalmente, pois há uma grande quantidade de notas falsas circulando.

Fique atento e controle sempre o troco nas baladas ou nos taxis.

Os caixas eletrônicos estão em qualquer lugar em Buenos Aires, e é o jeito mais fácil de conseguir dinheiro. As redes mais comuns são Banelco, Cirrus, Plus e Link.

 

Gorjetas

Nos restaurantes é costume deixar gorjeta do 10% do total. As gorjetas não podem ser incorporadas na nota fiscal do cartão de crédito, por isso recomendamos levar dinheiro em efetivo para isso. Os taxistas não esperam gorjetas, mas é comum aproximar o pagamento a um valor mais exato para deixar que eles fiquem com o trocado (se essa diferença não for muito dinheiro).

 

Clima

O verão vai de dezembro a fevereiro, o outono de março a maio, inverno de junho a agosto e primavera de setembro a novembro.

O mês mais quente é janeiro, com uma media de 25,1ºC (77,1 F). Quase todo dia faz entre 28º e 31ºC (82º e 88º F), e de noite faz entre 16º e 21ºC (61º e 70º F).

Os invernos são temperados. A cidade se caracteriza por ter névoa de moderadas a fortes durante o outono e o inverno. Julho é o mês mais frio, com uma temperatura media de 10,9º C (51,6º F).

Quase todos os anos têm ventos frios procedentes da Antártida, e se combinam com a alta umidade do inverno, provocando uma sensação térmica muito mais fria do que a temperatura media. Durante o dia, a temperatura chega aos 12º e 17º C (54º a 63º F) e cai durante a noite, ficando entre 3º e 8º C (37º e 46º F).

 

Língua

O espanhol de Buenos Aires está cheio de palavras e frases da gíria conhecida como “lunfardo”. Referimo-nos à língua espanhola como “Castellano” e não como “Espanhol”. Algumas das palavras típicas do “lunfardo” que se podem ouvir na cidade são:

Boliche: balada

Bondi: ônibus

Che: “hey”

Fiaca: preguiça

Guita: dinheiro

Macanudo: legal

Mina: mulher

Morfar: comer

Pucho: cigarro

Re: muito (por exemplo: “re lindo”, significa muito lindo).

 

Algumas palavras e frases úteis

Hola(Oi)

Chau (Tchau)

Porfavor

Muchas gracias (Muito obrigado/a, na Argentina é neutro)

Perdón (Desculpa)
¿Hablasinglés? (Você fala inglês?)

No entiendo(Não entendo)
 

Glossário

Alfajor: sobremesa argentina com dois biscoitos fininhos, recheio de doce de leite e cobertura de chocolate ou merengue

Asado: churrasco

Autopista: rodovia

Bandoneón: bandônion

Barras bravas: os fãs violentos do futebol, equivalente aos “hooligans” ingleses

Barrio: bairro

Boliche: balada em lunfardo

Bombilla: bombilha para mate. Também pode ser usado para lâmpada

Café cortado: café com um pouquinho de leite

Cajero Automático: caixa eletrônico

Canilla libre: bebida livre.

Cartoneros: catadores de lixo.

Casa de Cambio: casa de câmbio

Cebador: a pessoa que vai fazer o mate

Cerveza: cerveja

Chimichurri: tempero picante para carne, geralmente preparado com salsinha, alho, aceite de oliva, e outras espécies.

Chopp: copo de cerveja

Choripán: sanduíche de "chorizo"

Conventillo: casa compartilhada por vizinhos nos bairros mais antigos onde moravam os primeiros imigrantes

Costanera: é a rua que vai paralela ao mar ou rio

Cubiertos: talheres. Nos restaurantes os talheres e o pão têm um custo adicional.

Dulce de leche: doce de leite. É produzido com leite e açúcar.

Empanada: empada. Comida típica argentina, massa fina recheia com carne, presunto e queijo, verdura, ou outras opções.

Facturas: são croissants, mas também se pode usar para dizer “nota-fiscal”.

Feria: feira

Fernet o "Fernando": é um tipo de Amaro, uma bebida digestiva amarga e aromática. No geral bebe-se com Coca-Cola.

Heladería: Sorveteria

Ida: ida

Ida y vuelta: ida e volta

Iglesia: Igreja

IVA: Imposto sobre o Valor Agregado

Kiosco: loja de doces e bebidas

Locro: comida típica e tradicional argentina com ensopado de carne e milho

Mate: mate

Milonga: sala onde as pessoas dançam tango

Parada: ponto (de ônibus, por exemplo)

Parrilla: Churrascaria (que faz “asados”)

Pasea-perros: pessoa encarregada de passear cachorros

Piqueteros: manifestantes políticos que interrompem a circulação de carros protestando com cartazes e placas. Costumam interromper lugares públicos ou avenidas principais como Plaza de Mayo ou Avenida 9 de Julio.

Porteño/a: refere-se aos habitantes da capital de Buenos Aires

Propina: gorjeta

Rioplatense: refere-se a qualquer pessoa originaria da região do Rio de la Plata

Tenedor libre: Rodízio. Restaurante “all you can eat”, com comidas variadas com um preço fixo.

Trucho: falso, utiliza-se para descrever as coisas que não são o que parecem ser ou não são originais, mas sim uma cópia.

Villa miseria: favela

Yerba: ervas saborizadas que se usam para beber “mate”.

 

Eletricidade

Argentina opera em 220 v. As tomadas são de duas ou três pontas em ângulo plano como na Austrália e na Nova Zelândia,

 

Precauções

A água da cidade é potável, mas é comum sentir uma sensação estranha depois de beber. Isto é perfeitamente normal, pois o corpo reconhece quando bebe uma água diferente.

Durante o verão, e ultimamente o ano inteiro, tem muito pernilongo. É bom ter repelente.


Pop up News (feeds)


Cultura Pop

mas avisos

Special Offer

Popular reviews (our guests say...)