Central Reservations Office + 5411 4773 8300

The best rates for your stay in the city

Percorrendo a cidade Buenos Aires 

Dicas de Viajem ou Recomendações

Percorrendo a cidade: Buenos Aires é uma cidade grande e moderna com uma grande quantidade de opções de transporte público, mas o melhor jeito de percorrer os pontos de interesse é indo a pé ou de bicicleta.

 

Taxis

Os taxis de Buenos Aires podem ser encontrados em qualquer lugar, e é fácil reconhecê-los pela sua cor preta e amarela. Sempre recomendamos pedir um taxi telefonicamente desde o hotel, mas na volta é comum ter que pegar um taxi na rua mesmo, e, portanto é importante reconhecer quais são os radio taxis. Todos os taxis têm taxímetro, e pode-se solicitar um ticket. Cobra-se a cada 200 metros quando o carro está em movimento, ou a cada 2 minutos, quando está parado. Os taxistas não esperam gorjeta, mas no geral preferem o trocado. Os taxis vazios têm uma luz vermelha que diz “LIBRE” iluminada na esquina superior direita dos pára-brisas.

 

Metrô

O metrô de Buenos Aires é o jeito mais rápido para se mobilizar pela cidade. É importante considerar que fica muito quente e cheio de gente na hora do rush. Há 6 linhas identificadas com letras e cores: A, B, C, D, E e H. A estação mais próxima a POP Hotel é Malabia, da linha B (cor vermelha).

Para poder viajar é necessário comprar cartões magnéticos chamados “subte-pass” que são conseguidos nas bilheterias localizadas ao descer as escadas do metrô. Não são necessárias moedas para comprar, mas recomendamos sempre ter trocado. Se você acha que vai viajar de metrô mais do que uma vez, para poupar tempo e desconforto pode comprar vários bilhetes, porque costuma haver fila para comprar.

Para ingressar ao metrô, tem que colocar o subte-pass no sulco da catraca, tirar e atravessar. Em algumas estações, as plataformas estão em dois lados opostos, então tem que checar direitinho, antes de descer, em qual direção quer viajar.

Podem ser feitas todas as combinações que desejar comprando apenas um bilhete de uma viagem, que vai estar vigente até que sair da rede metroviária.

Os metrôs funcionam das 5 da madrugada às 10.30 da noite de segunda a sábado, e das 8 da manhã às 10 da noite nos domingos e feriados. A freqüência do serviço é alta nos dias de semana, mas nos fins de semana tem que esperar um pouquinho, pois a freqüência é mais baixa.

 

Trem

Os trens de Buenos Aires conectam o centro da cidade com diferentes bairros e distritos da província. São utilizados principalmente pelas pessoas que moram aqui e não são tão úteis para os turistas, a não ser que você deseje visitar Tigre ou San Isidro, em Zona Norte.

 

Ônibus

Buenos Aires tem um sistema de ônibus, aqui conhecidos como “colectivos”, que é enorme e impossível aprender completamente. Pode-se obter uma guia chamada “Guia T” em qualquer barraquinha de venda de revistas, ou ver os itinerários completos de forma online nos sites como www.comoviajo.comouwww.xcolectivo.com.ar.

A maior parte das linhas funciona 24 horas.

Há pontos de ônibus a cada 200 metros aproximadamente. Tem uma plaquinha cor preta ou azul indicando o número do ônibus, mas também é possível que encontre o número colado num poste de luz ou nas arvores, e em alguns casos nem está o número mesmo.

As moedas são muito requeridas aqui! Os ônibus locais não aceitam notas, e há uma máquina para tirar bilhete no ônibus mesmo, com moeda, e da o troco. A maioria das viagens custa AR$ 2, e deve-se pedir ao motorista “dos pesos por favor”, e depois colocam-se as moedas na maquina. É útil informar ao motorista o lugar aonde você vai, para ter certeza que está pegando o ônibus certo.

Tenha certeza de onde você está indo, e tenha um mapa para poder se localizar, porque os pontos do ônibus não são avisados. Para descer do ônibus, tem que se aproximar à porta e apertar a campainha. Também é importante saber que não se podem combinar ônibus do mesmo jeito que sim se podem combinar os metrôs. Neste caso, tem que comprar um novo bilhete para cada viagem.

 

Ônibus de longa distância

Para ir de ônibus a qualquer parte do país, tem que ir à rodoviária Retiro. É muito comprida, com quase 400 metros, três andares e tem mais de 75 pontos de ônibus.

Podem-se comprar bilhetes para praticamente qualquer destino da Argentina. Não precisa comprar antecipadamente, exceto no verão (janeiro e fevereiro) e nas férias de julho. Tem que considerar que não podem ser realizadas reservas. Só da para comprar o bilhete direto, e no geral não são reembolsáveis.

Na rodoviária Retiro é bom ficar sempre alerta e cuidar bem os pertences.

 

Barco

Há um serviço de ferry desde e a Colônia, em Montevideo (Uruguai). A maioria deles sai desde Buquebus, perto de Puerto Madero.


Pop up News (feeds)


Cultura Pop

mas avisos

Special Offer

Popular reviews (our guests say...)